Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1168
Title: Modelação de clima em estufa climatizada para produção e enraizamento de estacas de eucalyptus globullus Labill
Authors: Louro, Mário João de Sousa
Advisor: Mourão, Isabel de Maria Cardoso Gonsalves
Baptista, Fátima de Jesus Fôlgoa
Keywords: Balanço de energia;Balanço de massa;Eucalyptus globulus;Modelos climáticos;Produção de rebentos;Enraizamento;Energy balance;Mass balance;Climate models;Production of cuttings;Rooting
Issue Date: 26-Sep-2011
Abstract: O controlo ambiental em culturas protegidas assume uma grande importância e, a par da rega e da nutrição, é um dos factores limitantes do crescimento e desenvolvimento das plantas. A eficácia deste controlo pode ser avaliada pela utilização de modelos matemáticos. Estes modelos de previsão das condições climáticas interiores, após a sua validação, permitem a simulação para diferentes condições climáticas exteriores e/ou diferentes estratégias de funcionamento dos equipamentos. O presente trabalho permitiu encontrar as condições ambientais favoráveis para a maximização da produção de rebentos nos pés-mãe e do enraizamento de miniestacas de Eucalyptus globulus Labill. e, ainda, a definição de objectivos e de estratégias de programação ambiental mais eficientes. O trabalho foi desenvolvido numa estufa do tipo “Venlo” em vidro, equipada para a propagação clonal de Eucalyptus globulus Labill. pela técnica de miniestacaria, localizada nos Viveiros do Furadouro, Grupo Altri, em Óbidos. O desenvolvimento dos modelos climáticos incluiu a realização de balanços de energia e de massa, que permitem simular a temperatura e a humidade relativa no interior da estufa em função dos dados climáticos exteriores, do tipo de estufa, do tipo de cobertura e dos equipamentos existentes. A determinação das condições favoráveis à produção de rebentos e enraizamento de quatro clones, foi realizada através de uma análise multivariada de componentes principais. Efectuou-se ainda uma análise de regressão para as variáveis mais explicativas. Foram propostos e validados dois modelos, o modelo de aquecimento e o de arrefecimento, obtendo-se diferenças absolutas entre os valores de temperatura e de humidade relativa medidos e simulados, respectivamente, de 0,98 e 1,31ºC e de 6,78 e 7,46%. Concluiu-se que existe uma grande influência das condições ambientais na propagação vegetativa de Eucalyptus globulus Labill.. Na estufa de pés-mãe, no período de quatro semanas que antecederam a colheita, os valores de radiação solar global de 5,0 e 5,7 MJ m-2 d-1 e de défice da pressão de vapor de 0,80 e 0,85 kPa, resultaram numa maior produtividade de rebentos dos clones AC58 e GM258, que variou entre 70,0 e 81,0 rebentos m-2 semana-1. A máxima percentagem de enraizamento de 74,9% e de 62,1%, respectivamente para os clones AC58 e GM258, foram obtidas para valores de temperatura média do ar de 23,5°C e de 25,2°C, no período das quatro semanas após a preparação das miniestacas para enraizamento. Os clones BC422 e YG15 apresentaram uma menor dependência da propagação vegetativa com as condições ambientais. A interacção entre as condições favoráveis de propagação vegetativa e a possibilidade de prever as condições climáticas no interior das estufas, resulta na possibilidade de testar e simular diferentes estratégias de programação dos equipamentos, permitindo a máxima produtividade com o menor consumo de energia.
The environmental control in protected crops is the outmost importance and, along with irrigation and nutrition, is one of the factors limiting the growth and development of plants. The effectiveness of this control can be assessed by the use of mathematical models to predict the inside conditions and, after its validation, to simulate its behavior for different outside climatic conditions and/or for different alternatives to achieve the equipment set points. This study aimed to find the optimum environmental conditions to maximize minicuttings production and rooting of minicuttings of Eucalyptus globulus Labill. and also, setting goals and strategies of more efficient environmental control, in a greenhouse controlled with a proportional environmental control system. The study was conducted in a "Venlo" greenhouse covered with glass, equipped for the vegetative propagation of Eucalyptus globulus Labill. through minicuttings, located in Viveiros do Furadouro, Altri Group, in Óbidos, Portugal. The development of climate models for the prediction of temperature and humidity inside the greenhouse was based on energy and mass balances, as a function of the outside climate data, the type of greenhouse, the cover material and the environmental control equipment. To determine the optimum conditions for the vegetative propagation of four clones, a multivariate analysis was performed for the key components. For the more explanatory environmental variables of the process, a regression analysis was carried on. Two models were developed and validated, the model of heating and of cooling, resulting in absolute differences between the values of temperature and relative humidity measured and simulated, respectively, of 0.98 and 1.31ºC and of 6.78 and 7.46%. It was concluded that there is a great influence of the environmental conditions in the vegetative propagation of Eucalyptus globulus Labill.. In the greenhouse unit for minicutting production, during the four weeks prior to harvest, solar radiation values of 5.0 and 5.7 MJ m-2 d-1 and the vapour pressure deficit of 0.80 and 0.85 kPa, resulted in a greater productivity of minicuttings for clones AC58 and GM258, which ranged between 70.0 and 81.0 shoots m-2 week-1. The maximum rooting percentages of 74.9% and 62.1% was obtained for values of mean air temperature of 23.5°C and 25.2°C, respectively, for clones AC58 and GM258, during the rooting period of four weeks. The clones BC422 and YG15 had a lower dependence of the environmental conditions on their vegetative propagation. The interaction between the optimum environmental conditions for vegetative propagation and the ability to predict climatic conditions inside the greenhouse, results in the possibility to test and simulate different control strategies of the avaiable equipment, allowing for maximum productivity with lower power consumption.
Description: Dissertação de mestrado em Agricultura Biológica, apresentada à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1168
Appears in Collections:ESA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mario_Louro_1871.pdf2.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.