Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1213
Title: A liderança na unidade local de saúde do Alto Minho
Authors: Peixoto, Ricardo Manuel Paz da Cunha
Advisor: Pereira, Maria Aurora Gonçalves
Pinheiro, Luísa
Keywords: Líder;Líderança transformacional;Líderança transaccional;Saúde;Leader;Transformational leadership;Transactional leadership;Health
Issue Date: 6-May-2014
Abstract: A situação económica e social actual incita novas exigências nas organizações, verificando-se uma transformação da Administração Pública em Portugal, nomeadamente na área da Saúde. Neste contexto, a liderança constitui-se como um dos principais factores de diferenciação e fronteira entre o sucesso e o insucesso. Este trabalho visa compreender as capacidades que os actuais líderes apresentam para fazer face a estas mudanças dos procedimentos laborais, bem como para as conseguir transmitir aos seus colaboradores, cativando-os e tornando-os mais motivados para o exercício das suas funções, com o consequente incremento da qualidade dos cuidados de saúde prestados. Este estudo, de metodologia descritiva e correlacional, tem como objectivos identificar os estilos de liderança das equipas Médicas e de Enfermagem da Unidade Local de Saúde do Alto Minho e conhecer de que forma os factores de ordem pessoal (género, idade, estado civil), profissional (classe, categoria, experiência profissional e em gestão) e organizacional (tipo de unidade de saúde, número de liderados) influenciam o estilo de liderança, utilizando para esse efeito o Questionário Multifactorial de Liderança (MLQ) de Bass e Avolio e um questionário sócio/ demográfico para caracterizar a população. A análise dos dados permitiu-nos constatar que estes líderes pautam a sua prática por altos valores de liderança transformacional, apresentando também bastantes características de liderança transaccional e um valor quase residual do tipo de liderança laissez-faire. A liderança transformacional em contexto da saúde gera elevados níveis de moral, maior motivação para os cuidados, melhor trabalho conjunto, melhor entendimento por parte do grupo dos objectivos e propósitos a atingir, sentimento de pertença à equipa e consequentemente, à instituição, melhores cuidados prestados e utentes mais satisfeitos. Podemos então afirmar que o resultado global da liderança ao nível da Unidade Local de Saúde do Alto Minho é extremamente positivo. A liderança transformacional é a única que potencializa nos colaboradores uma performance extraordinária procurando sempre atingir um desempenho de excelência. De futuro, será interessante realizar um estudo similar com os colaboradores desta instituição, de forma a comparar os dados obtidos, verificar a concordância ou a discordância entre as opiniões dos líderes e dos liderados no que respeita ao seu estilo de liderança.
The current social and economic situation demands new functions in the organizations; also we can confirm that Portuguese Public Services have been changing, in the health domain among others. In this context, leadership is turning into one of the main factors of differentiation and the border between be successful and be unsuccessful. The purpose of this work is to understand what kind of skills current leaders have in order to face those changes in working process, and in order to be able to transmit them to their colleagues, by a fascinating way that can increase their motivation in doing their job better and better and, consequently, improve the quality of the cares. This work, according to a descriptive and correlacional method, intends to identify leadership styles in the nursing and medical teams of the Unidade Local de Saúde do Alto Minho and to know how personal (gender, age, marital status), professional (class, grade, professional and management experience) and organizational factors (sort of health unity, number of people led) influence their leadership style, using for this purpose the Multfactorial Leadership Questionnaire (MLQ) by Bass and Avolio and a sociodemographic questionnaire to characterize the population. Data analysis indicates that those leaders guide their practice for high values of transformational leadership, as well as some characteristics of transactional leadership and an almost residual value of “laissez-faire” leadership. The transformational leadership in health context generates high levels of morality, more motivation for care, improved work as a team, better understanding from the staff of the goals to reach; it also generates the feeling of belong to the team and consequently, to the institution, better cares and patients more satisfied. After that, we can assert that the global result of the leadership at Unidade Local de Saúde do Alto Minho level is extremely positive. The transformational leadership is the only one that provides the collaborators with an extraordinary performance, always looking to achieve excellence. In the future, it would be interesting carry out a similar study with the collaborators of this institution, in order to compare the facts, to verify the concordance or the disagreement between leaders and led about their leadership style.
Description: Dissertação de mestrado em Gestão das Organizações: Ramo de Gestão de Unidades de Saúde (parceria com a APNOR) apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1213
Appears in Collections:ENF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ricardo_Peixoto.pdf1.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.