Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1224
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAmorim, Maria Isabel Soares Parente Lajoso-
dc.contributor.advisorRocha, Mara do Carmo Jesus-
dc.contributor.authorViolante, Carlos Daniel Fernandes-
dc.date.accessioned2015-01-09T12:42:56Z-
dc.date.available2015-01-09T12:42:56Z-
dc.date.issued2014-05-06-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.11960/1224-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Gestão das Organizações: Ramo de Gestão de Unidades de Saúde (parceria com a APNOR) apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelopor
dc.description.abstractO aumento de estudos na área da saúde mental possibilitou a apreciação das consequências da doença mental. Nas perspetivas atuais indica-se como imprescindível melhorar a intervenção na área da reabilitação psicossocial no sentido de maximizar os ganhos em saúde e melhorar a Qualidade de Vida das pessoas com doença mental crónica. Com benefícios para este processo surge o Suporte Social aos indivíduos em processo de integração comunitária. Indispensável, para o sucesso deste processo, será proceder à avaliação de todos os programas e intervenções implementados, para compreender, a partir da perceção dos indivíduos beneficiários das intervenções, se estas contribuem efetivamente para a melhoria do seu bem-estar e para a sua satisfação com o tratamento. Tal avaliação nas pessoas com doença mental crónica torna-se ainda mais importante, uma vez que o tratamento não é curativo. É objetivo deste estudo, avaliar um programa de intervenção em reabilitação psicossocial implementado em unidades específicas duma Instituição Psiquiátrica, cujo objetivo primordial é a melhoria da Qualidade de Vida dos indivíduos, de forma a inserir os contributos da investigação na revisão do programa, aperfeiçoando a atividade em curso e melhorando a qualidade dos serviços prestados. Para a consecução deste objetivo geral, definiu-se um estudo quase experimental e transversal no paradigma quantitativo. Nele participaram 94 indivíduos (divididos em dois grupos: experimental e controlo) e, através de entrevista, aplicou-se, um questionário para recolha de informação sociodemográfica e clínica, um instrumento para avaliação da perceção de Qualidade de Vida (SF-36) e um instrumento para avaliação da perceção de Suporte Social (Escala de Apoio Social). Os resultados sugerem que a participação no programa de reabilitação psicossocial surte um efeito positivo na perceção de Qualidade de Vida e de Suporte Social dos indivíduos internados. Verificou-se uma elevada perceção de Suporte Social nos indivíduos do grupo experimental o que nos demonstra a validade do trabalho individualizado que é realizado. Foi ainda verificado que esta elevada perceção de Suporte Social influencia positivamente a perceção de Qualidade de Vida dos indivíduos. Não foi possível inferir, em rigor, relações entre as variáveis sócio-demográficas e clínicas com a perceção de Qualidade de Vida ou de Suporte Social. Os principais resultados deste estudo salientam a importância de privilegiar a inclusão deste programa nas intervenções a implementar noutras unidades da Instituição onde decorreu o estudo com o objetivo de melhorar a Qualidade de Vida dos indivíduos com doença mental crónica.por
dc.description.abstractThe increase in studies on mental health led to the appreciation of the consequences of mental illness. In the current outlook is indicated as essential to improve the intervention in the area of psychosocial rehabilitation in order to maximize health gains and improve the quality of life of people with chronic mental illness. With benefits to this process comes the Social Support to individuals in the process of community integration. Essential to the success of this process is the evaluation of all programs and interventions implemented to understand the perceptions of individuals from the beneficiaries of assistance, if they contribute effectively to the improvement of their well-being and satisfaction with treatment. Such an assessment in people with chronic mental illness became even more important, since treatment is not curative. The aim of this study was to evaluate an intervention program implemented in psychosocial rehabilitation units of a specific psychiatric institution, whose primary objective is to improve the quality of life of individuals, in order to insert the contributions of the research review of the program, improving the current activity and improving the quality of the services provided. To achieve this overall objective, we defined an experimental and cross-sectional quantitative paradigm study. There were 94 individuals who participated in the study (divided into two groups: experimental and control), and through interviews, we applied a questionnaire to collect socio-demographic information and clinical instrument for assessing the perception of quality of life (SF-36) and an instrument to evaluate the perception of Social Support (Scale Social Support). The results suggest that the participation in the psychosocial rehabilitation program have positive effect on the perception of quality of life and Social Support of the individuals hospitalized. There was a high perception of Social Support individuals in the experimental group which demonstrates the validity of the individual work that is undertaken. It was also found that this increased Social Support perception positively influences the perception of quality of life of individuals. It was not possible to infer, in rigor, relationships between socio-demographic and clinical perceptions of quality of life or Social Support. The main results of this study highlight the importance of promoting the inclusion of this program to implement interventions in other units of the institution where the study took place in order to improve the quality of life of individuals with chronic mental illness.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectAvaliaçãopor
dc.subjectPrograma de reabilitação psicossocialpor
dc.subjectQualidade de vidapor
dc.subjectSuporte socialpor
dc.subjectEvaluationpor
dc.subjectPsychosocial rehabilitation programpor
dc.subjectQuality of lifepor
dc.subjectSocial supportpor
dc.titleProgramas de reabilitação psicossocial em pessoas com doença mental crónica: impacto na perceção de qualidade de vida e de suporte socialpor
dc.typemasterThesispor
thesis.degree.nameMestrado em Gestão das Organizações: Ramo de Gestão de Unidades de Saúdepor
thesis.degree.levelMestre em Gestão das Organizações: Ramo de Gestão de Unidades de Saúdepor
dc.identifier.tid201601591-
Appears in Collections:ENF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carlos_Violante.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.