Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1637
Title: Níveis de aptidão física da população idosa do Alto Minho
Authors: Silva, Bruno André Ferreira da
Advisor: Bezerra, José Pedro Arieiro Gonçalves
Keywords: Idosos;Aptidão física;Força muscular;Resistência cardiorrespiratória;Elderly;Physical fitness;Muscle strength;Cardiorespiratory fitness
Issue Date: 27-Feb-2015
Abstract: O envelhecimento afeta toda a população mundial, levando a que os mais idosos passem a ter mais importância. Níveis ótimos de Aptidão Física estão descritos como indicadores com implicações diretas na aferição da independência motora e autonomia em idosos. Assim, o objetivo deste estudo é descrever os parâmetros de Aptidão Física da população idosa com 70 ou mais anos da sub-região Minho Lima, NUTS3. Trata-se então de um estudo transversal e observacional, constituído por 1341 idosos voluntários, com uma média de idades de 78,9 (6,2) anos, do distrito de Viana do Castelo. Todos os sujeitos foram avaliados segundo as caraterísticas antropométricas, força muscular dos membros superiores (teste handgrip), membros inferiores (teste Isometric Knee Extension), assim como resistência cardiorrespiratória (teste 6 minutos a andar). Foi utilizando o Statistical Package for Social Sciences (SPSS, versão 22, Chicago, IL) para tratamento da informação, com um nível de confiança de 95%. Quando utilizado o Índice de Massa Corporal (IMC) como indicador, verifica-se que a maioria das mulheres se encontra classificada como obesa (42,3%), enquanto a maioria dos homens se encontra classificado como pré-obesidade (53,6%). No entanto, observando-se o perímetro da cintura verificamos que 8 em cada 10 mulheres e 5 em cada 10 homens apresentam um perímetro da cintura acima da linha de corte (homens = 102 cm; mulheres = 88 cm). Tanto um como outro indicador, sugerem riscos acrescidos para a incidência de doenças metabólicas. Os homens evidenciam melhores resultados do que as mulheres (p< 0,001) na força muscular e resistência cardiorrespiratória. Do mesmo modo, residir na comunidade e praticar Atividade Física parecem influenciar positivamente os níveis de Aptidão Física. Observa-se ainda um declínio nos níveis de força e resistência cardiorrespiratória com o avançar das décadas, onde os septuagenários apresentam sempre melhores resultados do que os octogenários e nonagenários. Os resultados deste estudo permitem traçar o perfil geral dos níveis de Aptidão Física da população com 70 ou mais anos residentes no Alto Minho.
In most countries there has been a rapid and continuing increase in life expectancy, resulting a demographic changing. In Portugal, 12,3% of the population have 70 and more years, leading to an improved importance of elderly people. This quantitative measurement of longevity and good levels of Physical Fitness are common related whit quality of life, functional capacity and independent living. The aim of this study was to describe the Physical Fitness status in elderly subjects, residents in Minho Lima region (NUTS3) that have more than 70 years old. Whit an average age 78,9 (6,2) years, a total of 1341 elderly volunteered for this cross-sectional study. All 927 women and 414 men were recruited from Viana do Castelo region, northern Portugal. The subjects were accessed in muscle strength of upper and lower limbs, cardiorespiratory fitness and anthropometric measurements. Statistical analyses was performed whit the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 22, Chicago, IL. The significance level was set in 0,05. Central obesity in elderly is a major concern in Minho Lima region. Eight in ten women and five in ten men presents an very increased waist circumference, whit a mean BMI categorized as Overweight (29,2 kg/m2). Together, this indicator suggest a prevalence of increased risk for metabolic diseases in this population. In average, men show higher scores than women in handgrip strength, isometric knee extension strength and in 6 minutes walking test (p< 0,001). Is observed a decline in all physical parameters tested whit advancing age, whit Septuagenarians presenting better scores than octogenarians and nonagenarians. Community dwelling and active daily living (physical activity practice), seem to influence Physical Fitness scores. Muscle strength of upper and lower limbs is positive and moderate correlated with cardiorespiratory fitness. The results of this study allow a general profile of Physical Fitness status in residents in Alto Minho region, with 70 years or more.
Description: Dissertação de Mestrado em Promoção e Educação para a Saúde apresentada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1637
Appears in Collections:CE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruno_Silva.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.