Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1662
Title: Desenvolvimento de competências especializadas em cuidados paliativos
Authors: Pereira, Maria do Rosário da Hora
Advisor: Cerqueira, Maria Manuela Amorim
Campos, Isabel Maria Macedo de Oliveira
Keywords: Cuidados Paliativos;Competência;Comunicação;Controlo sintomático;Trabalho de equipa;Apoio ao doente e família;Conferências familiares;Palliative care;Skills;Communication;Symptomatic control;Work team;Support to the patient and family;Family conferences
Issue Date: 15-Jul-2016
Abstract: Face ao contexto atual, fortemente marcado pelo envelhecimento progressivo da população, com forte aumento das doenças crónicas e degenerativas, os Cuidados Paliativos surgem como uma resposta cada vez mais essencial às necessidades físicas, psicológicas, sociais e espirituais, prolongando a sua ação até ao luto. É através deles que garantimos o máximo bem-estar e qualidade de vida de cada pessoa até ao fim da vida. Neste sentido, pareceu-nos importante realizar um estágio de Natureza Profissional de 350 horas presenciais na Unidade Local de Saúde de Matosinhos – Equipa de Suporte em Cuidados Paliativos com o objetivo de desenvolver competências especializadas na área dos cuidados paliativos, nomeadamente nas quatro componentes primordiais: controlo de sintomas; comunicação adequada; trabalho em equipa e apoio à família. A nossa finalidade com a realização deste estágio consiste na obtenção de competências através do treino, da reflexão crítica e analítica para um cuidar humano, integral na construção de um processo de morrer condigno e para uma tomada de decisão consistente e adequada às necessidades efetivas da pessoa em fim de vida e família. A nossa prestação de cuidados de enfermagem especializados assentou em metodologias ativas, dinâmicas e participativas de forma a integrar e aplicar os conhecimentos teóricos adquiridos. Salientamos, que tivemos em atenção um cuidar centrado no doente e família, a obediência dos princípios éticos e deontológicos e a garantia de cuidados com qualidade. Desenvolver competências a nível da comunicação é difícil na medida que envolve muitas especificidades pelo facto de termos que tomar decisões que envolve situações complexas, únicas e individuais. Assim estas competências foram desenvolvidas através de um estilo comunicacional facilitador e centrado na pessoa, numa análise critica e reflexiva e no estabelecimento de uma relação de ajuda. Também o trabalho em equipa foi sempre uma nossa preocupação de forma adquirir e aprofundar estratégias de trabalho em equipa, nomeadamente colaborar eficazmente na prestação de cuidados, bem como participar nas reuniões semanais dando o nosso contributo. A nível do controlo de sintomas desenvolvemos competências na avaliação das necessidades, avaliação e monitorização de sintomas, medidas farmacológicas e não farmacológicas, refletindo sempre nos ganhos para o doente. A nível do acompanhamento familiar enfatizo as conferências familiares como uma ferramenta facilitadora da integração da família no cuidado ao doente. A nossa participação no âmbito da gestão, formação e investigação permitiu não só o desenvolvimento de competências como promoveu mudanças e novas formas de intervenção. Sobressai da realização deste estágio que para conseguir dar uma resposta mais organizada face à necessidade de tratar, cuidar e apoiar ativamente os doentes na fase final de vida, prestando cuidados de excelência, aumentando assim a qualidade de vida do doente e família é necessário competências técnicas, cientificas, relacionais e pensamento crítico e analítico. Consideramos ter desenvolvido competências para prestar cuidados paliativos de excelência.
Towards the current context, heavily marked by the progressive aging of the population, with a strong increase of chronic and degenerative diseases, Palliative Care comes up as an answer more and more essential to the physical necessities, psychological, social and spirituals, prolonging their action to the mourning. It is through them that we guarantee the well-being and life quality of each person till the end of its life. Facing that, it seemed important to us to realize a professional internship of 350 hours in the Health Local Unit of Matosinhos- Support team in Palliative Care with the goal of develop expertises in the field of palliative care, namely in the four essential components: control symptoms; proper communication; team work and family support. Our goal with this internship consist in obtain skills through the practice, critical and analytical thinking for a human care, integral in building a dignified dying process and for taking a consistent and appropriate decision to the actual needs of a person in the end of his life and family. Our provision of specialized nursing care was based on active methodologies, dynamic and participatory in order to integrate and apply the theoretical knowledge acquired. We point out that we had in mind a care focused in the patient and family, the obedience of ethical and deontological principles and ensuring quality care. Develop communication skills is difficult as it involves many specifics because we have to make decisions involving complex, unique and individual situations. So, this skills were developed throughout a communicational style facilitator and centred in the person, in a critical and reflexive analyse and in the establishment of a caring relationship. Also the work team has always been a concern in a way that we could gain and go deep in the work strategies in team, namely collaborate effectively in the caring, as also participate in weekly meetings with our contribute. On the level of the symptoms control we developed skills in the evaluation of necessities, evaluation and monitoring of symptoms, pharmacological measures and non-pharmacological measures, always reflecting in the gains for the patient. On the level of the family support I emphasize the family conferences as a facilitator of integration of family in the care to the patient. Our participation in the organization, formation and research has permitted not only the development of skills as it promoted changes and new ways of intervention. In this internship it is to put on focus that in order to give an answer more organized to the necessity of caring, to care and support actively the patients in the end of their lives, giving cares of excellence, increasing in that way the life quality of the patient and family it is necessary scientific tactics, relational and critical and analytical though. We consider to have developed skills to give palliative cares of excellence.
Description: Relatório de estágio de natureza profissional em Cuidados Paliativos apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1662
Appears in Collections:ENF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria_Pereira.pdf5.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.