Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1709
Title: Literacia da leitura - estudo de caso com crianças de 3 e 4 anos
Authors: Lomba, Andreia Sofia Ferreira da
Advisor: Barbosa, Gabriela Maria Miranda
Keywords: Educação pré-escolar;Literacia em leitura;Preschool education;Reading literacy
Issue Date: 11-Feb-2015
Abstract: Na atualidade, as competências de literacia têm vindo a ser um destaque em várias áreas por se ter evidenciado que se referem a uma ferramenta que permite uma melhor compreensão do mundo que nos rodeia, assim como garante a possibilidade de dar resposta a uma multiplicidade de problemas e situações com que a sociedade nos confronta diariamente. Frequentar uma superfície comercial, um estabelecimento de saúde, um parque de estacionamento, uma pastelaria, ou outro tipo de locais que são comuns ao dia-a-dia dos indivíduos, assim como, ler uma revista, um jornal, uma obra literária, um documento, ou mesmo um panfleto publicitário, são atividades em que a leitura é, inevitavelmente, necessária. Em todos estes casos, a simples decodificação do código escrito revela-se insuficiente para a realização dessas tarefas com sucesso. Nestas condições, saber ler, refletir e analisar uma informação escrita, compreendendo aquilo que se leu e conseguindo consequentemente desenvolver um pensamento crítico sobre essas informações, revela-se fundamental e, portanto, numa exigência por parte sociedade. Considerando a literacia como esse conjunto de capacidades imprescindíveis ao quotidiano dos indivíduos, e assumindo que a escola se refere a um local de excelência para a aquisição de novas aprendizagens que devem garantir um futuro de qualidade, põe-se em evidência que a escola deve garantir as condições necessárias para que o desenvolvimento dessas competências seja exequível. Convocam-se, assim, os professores como atores de primeira instância na promoção e desenvolvimento de literacia nos alunos. O presente estudo de investigação surgiu da necessidade de se compreender se também a Educação Pré-Escolar pode ter um papel ativo na promoção de competências literácitas nas crianças. Para isso, desenvolveu-se um estudo de caso, com um grupo de dezoito de crianças de três e quatro anos a frequentar a Educação Pré-Escolar. Este estudo sustentou-se em duas questões de investigação, Como desenvolver competências de Literacia em Leitura com um grupo de crianças de três e quatro anos? e, Como reagem as crianças a um programa de promoção de literacia em leitura? Os resultados obtidos concluem que a aplicação de um programa de promoção de literacia em leitura, pode ser uma forma de fazer emergir algumas capacidades de literacia nas crianças. No grupo em questão a aplicação desse programa, revelou-se adaptado às necessidades das crianças e traduziu-se na aquisição de novas aprendizagens proporcionando um interesse ainda maior face ao recurso livro, às diversas atividades de leitura que podem ser realizadas, para além, do ouvir histórias. Foi ainda resultado deste programa o desenvolvimento de uma atitude, por parte das crianças, de valorização da biblioteca e dos seus recursos.
Presently, literacy skills have been the most highlighted in several areas as they have shown evidence of tools that allow us a better understanding of the world around us. They also guarantee the possibility to address a multitude of problems and situations with which society confronts us daily. Attending a shopping mall, a health establishment, a car park, a pastry shop or other day-to-day places that are common to individuals, as well as reading a magazine, a newspaper, a literary work, a document or even a publicist pamphlet, are activities in which reading is inevitably necessary. In all these cases the simple decoding of written code is revealed to be insufficient for the successful realization of these tasks. Under these conditions, to read, reflect and analyze written information, understanding what is read and consequently developing a critical thought about this information is fundamental and therefore a requirement by society. Considering literacy as a set of skills essential to the daily lives of people and assuming that school refers to a place of excellence where knowledge and new skills are acquired to ensure a future of quality, puts in evidence that schools must ensure that the necessary conditions for the development of these skills are feasible. Thus teachers are called as advocates of the first instance in developing and promoting literacy in students. This research study arose from the need to also understand that preschool education can play an active role in promoting literacy skills in children. To do this, a case study was developed with a group of eighteen children of three and four years of age attending preschool education. This study was conducted in two areas of research, How to develop Literacy Competency in reading with a group of children of three to four years of age? and How do children react to a program that promotes reading skills? The results conclude that the application of a literacy promotion program for reading skills, can be a way to bring out some literacy skills in children. In the group in question the implementation of this program has proved to have adapted to the needs of children and resulted in the acquisition of new knowledge providing an even greater interest in viewing books as a resource and the diverse reading activities that can be performed, along with oral stories. As a result of this program, the children have developed an attitude that values the library and its resources.
Description: Relatório Final de Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-escolar apresentado na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1709
Appears in Collections:FEI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andreia_Lomba.pdf2.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.