Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1763
Title: Actividade física no idoso de Melgaço e população transfronteiriça de Neves, Arbo, Crecente, Cañiza e Padrenda
Authors: Mira, Catarina Aurora Rodrigues
Advisor: Bezerra, José Pedro Arieiro Gonçalves
Keywords: ATIVIDADE FÍSICA;IDOSO;ENVELHECIMENTO;FITNESS;FORÇA;CAPACIDADE CARDIORESPIRATÓRIA
Issue Date: 30-Jan-2017
Abstract: A promoção de um estilo de vida mais ativo na terceira idade tem sido utilizada como uma estratégia de promoção na melhoria dos padrões de saúde e qualidade de vida. Embora haja um bom canal de comunicação e de incentivo à prática de exercício nos países desenvolvidos, uma parte importante desta população tem uma prática reduzida de atividade física. Além disso, as atividades desenvolvidas são, por vezes, de frequência demasiado baixa, menos de duas vezes por semana, sem grandes benefícios para a saúde e qualidade de vida. Quando se planificam programas de intervenção para esta população alvo, colocam-se vários desafios. As pessoas, cada uma com características diversas, desempenham um papel único e com diferentes respostas sendo necessário diversificar estratégias e criar novos desafios que promovam o sucesso da intervenção. O projeto “Atividade Física no idoso de Melgaço e população transfronteiriça de As Neves, Arbo, Crecente, Cañiza e Padrenda”, tem como objectivo principal modificar positivamente o estado de saúde, físico e mental desta população, com implicações na melhoria da sua qualidade de vida, através de atividades físicas e desportivas, programadas e delineadas em função das suas caraterísticas, condições e necessidades. Pretende-se ainda que a participação neste programa, se traduza numa participação mais ativa e dinâmica na comunidade, minimizando assim o estigma social a que geralmente estão sujeitos os idosos que vivem em meios rurais, montanhosos e isolados. Este projecto segue uma abordagem metodológica qualitativa sustentada por entrevistas semiestruturadas realizadas a representantes de algumas das entidades mais importantes e influentes na área geográfica abrangida pelo estudo, tendo como finalidade saber qual a abertura destas populações para este projeto, e quais as atividades e equipamentos desportivos que existem nestas localidades. XII A intervenção engloba indivíduos sedentários, de ambos os sexos, com idade superior a 65 anos, do concelho de Melgaço e dos cinco concelhos espanhóis vizinhos (Neves, Arbo, Crecente, Cañiza e Padrenda). As sessões, decorrerão no Centro de Estágios de Melgaço e nas salas das freguesias seleccionadas, duas vezes por semana, durante 60 minutos, onde foram desenvolvidas atividades físicas, que visam trabalhar a função cognitiva; cardiorrespiratória, flexibilidade, força e equilíbrio. É dirigido a aproximadamente cento e vinte idosos das várias freguesias da montanha, e a trinta e sete pessoas institucionalizadas, de ambos os sexos, em Melgaço e da zona ribeirinha dos cinco concelhos de Pontevedra e Orense, mais próximos de Melgaço. A equipa é constituída por uma técnica de desporto, enfermeiros, médico, psicólogo, nutricionista. Os utentes das IPSS são acompanhados por auxiliares. Pretende-se com este grupo, um trabalho de parceria interdisciplinar (psicologia, medicina clínica, educação física, fisioterapia, enfermagem, nutrição), onde cada segmento contribui para o enriquecimento e a valorização desta iniciativa, com aplicação dos conhecimentos específicos de cada área. Inicialmente, os participantes foram encaminhados pelas enfermeiras para o médico de família, a fim de terem autorização médica (check up médico) para a prática da atividade física. Após a realização dos questionários relativos às várias componentes cognitivas, assim como as suas patologias, foram sujeitos a uma bateria de testes físicos como forma de diagnóstico ou avaliação física inicial. Estes testes foram aplicados em três momentos distintos de avaliação: diagnóstico, no início do ano, ao fim de um trimestre como avaliação de acompanhamento e no final do ano, repetindo-se ao longo do tempo. Desde o ponto de vista prático, este estudo oferece às entidades e técnicos que trabalham nesta área as vantagens da cooperação transfronteiriça e gestão partilhada de um programa de atividade física dirigido à população sénior. Mais ainda, oferece a toda a comunidade outra visão sobre os idosos e outra visão sobre a prática de atividade física.
The development of a more active lifestyle in old age has been used as a strategy for promoting the improvement of health patterns and quality of life. Although, in developed countries, there is a good channel of communication and of incentive to exercise, an important part of this population has a reduced practice of physical activity. Furthermore, the developed activities are sometimes too infrequent, less than twice a week, without significant benefits to health and quality of life. When intervention programs for this target population are planned, several challenges present themselves. People, each person with its own diverse characteristics, play a unique and with several answers part, making it necessary to vary strategies and create new challenges that promote the success of the intervention. The project “Physical activity for the elderly in Melgaço and cross-border population of As Neves, Arbo, Crecente, Cañiza and Padrenda” (“Atividade Física no idoso de Melgaço e população transfronteiriça de As Neves, Arbo, Crecente, Cañiza e Padrenda”), aims mainly a positively modifying the state of health, both physical and mental, of this population, with implications in the improvement of their quality of life, through physical and sporting activities, programmed and designed according to their characteristics, conditions and necessities. It is also intended that the participation in this program be translated into a more active and dynamic involvement in the community, thus minimizing the social stigma to which elderly living in rural, mountain and isolated environments are often subjected. This project follows a qualitative methodological approach, supported by semi structured interviews, conducted with representatives of some of the most important and influent entities of the geographical area covered by the study. The intervention encompasses sedentary individuals, of both genders, with more than 65 years old, from the Melgaço municipality and from the five other Spanish municipalities (Neves, Arbo, Crecente, Cañiza and Padrenda). The sessions toke place at Centro de Estágios de Melgaço and in the rooms of the selected civil parishes, two times a week, during 60 minutes, where physical activities XV were developed, aiming at working the cardiorespiratory function, flexibility, strength and balance. The program is directed to approximately one hundred and twenty elderly of the several civil parishes of the mountain and at twenty institutionalized people, of both genders, both in Melgaço and the riverside area of the five municipalities of Pontevedra and Orense, closest to Melgaço. The team comprises a sports technician, nurses, a doctor, a psychologist, a nutritionist and assistants that accompany the users of the charitable associations (IPSS). The intention with this group is to develop a work of interdisciplinary partnership (psychology, clinical medicine, physical education, physiotherapy, nursing, nutrition), where each segment contributes to the enrichment and valorization of this initiative, with the application of the specific knowledge of each area. Initially, the participants were referred to the family doctor by the nurses, in order to have permission to practice physical activity. After the execution of questionnaires about the several cognitive components, as well as their pathologies, they were be subjected to a wide set of physical tests as way of diagnostic or initial physical assessment. These tests were be applied in three different assessment moments, to the sample of senior population (institutionalized and non institutionalized) of the municipalities in study: as diagnostic, at the beginning of the year, at the end of a trimester as monitoring assessment and at the end of the year. From a practical point of view, this study offers entities and technicians that work in this area, the advantages of cross-border cooperation and shared management of a physical activity program aimed at the senior population. Furthermore, it offers the whole community, another vision of the elderly and of the practice of physical activity.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1763
Appears in Collections:DESP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Catarina_ Mira_ 1413.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.