Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1819
Title: O Cuidar dos enfermeiros na equipa de suporte em cuidados paliativos
Authors: Gonçalves, Ana Filipa Martins
Advisor: Cerqueira, Maria Manuela Amorim
Mendes, Susana
Keywords: Cuidados paliativos;Intervenções;Competência clínica;Palliative care;Interventions;Clinical competence
Issue Date: 21-Feb-2017
Abstract: Acompanhar o processo de fim de vida implica ter uma visão holística como garantia de uma assistência integral à pessoa. Várias vezes nos confrontamos com pessoas em grande sofrimento nas unidades hospitalares, onde ainda imperam valores médicos que se direcionam para a dimensão biológica da pessoa, procurando-se a cura e negando-se a morte. Efetivamente quando a pessoa se vê na fronteira entre a vida e a morte, necessita que a ajudem a encontrar um sentido para a vida, adaptando-se a esta nova situação. Assim, o desafio consiste em que os profissionais de saúde, nomeadamente os enfermeiros, implementem modelos de cuidados centrados na pessoa e família, que consigam entrar no seu mundo interior, de forma a responder às suas necessidades. Neste sentido, tivemos como objetivo desenvolver habilidades e competências especializadas na área dos Cuidados Paliativos, pelo que optamos pela realização de um Estágio de Natureza Profissional, com 350 horas presenciais, na Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos da Unidade Local de Saúde do Alto Minho. Com este estágio temos como intencionalidade a obtenção de habilidades e competências na área dos cuidados paliativos através do treino e da análise crítica e reflexiva, de forma a que possamos contribuir no nosso contexto de trabalho para a mudança/inovação de modelos de cuidados que viabilizem a construção de um fim de vida condigno. Durante a realização do estágio de natureza profissional procuramos adotar metodologias ativas, dinâmicas e participativas, integrando, mobilizando e consolidando os conhecimentos teóricos adquiridos no 1º ano do curso de mestrado. Atendemos aos princípios ético-deontológicos, visando a pessoa doente e família como uma unidade de cuidados e por conseguinte a garantia da qualidade do cuidado. A nossa participação passou pelas várias dimensões dos cuidados paliativos, nomeadamente a nível do controlo sintomático, verificamos que é primordial para o bem-estar destes doentes e uma das preocupações maiores dos cuidados de enfermagem. Assim procuramos desenvolver competências sobretudo a nível da avaliação e monitorização. A nível da comunicação enfatizamos o treino a nível de um estilo comunicacional empático, procurando sempre uma comunicação eficaz e clara. Assim estas competências foram desenvolvidas através de uma adaptação da comunicação, às situações, contextualizar as reações, perceber os pensamentos e comportamentos, de forma a desenvolver habilidades para um cuidar mais adequado e adaptado. A nível do acompanhamento familiar e processo de luto salientamos as conferências familiares. No que se refere à nossa participação no âmbito da formação permitiu o desenvolvimento de competências e novas formas de intervir. Com a realização deste estágio, percebemos que uma resposta adequada em cuidados paliativos requer competências técnicas, científicas, relacionais e humanas, sempre acompanhadas de um pensamento crítico-reflexivo. Consideramos ter desenvolvido competências necessárias para a prestação de cuidados paliativos de excelência.
To accompany the process of nearing the end of life implies to have an holistic vision that provides global care to the person. We are quite commonly confronted with people who are suffering deeply in hospitals, where medical values centered in the biological dimension of the person still prevail, where the search for the cure imposes itself and death is denied. In fact, when a person is facing the frontier between life and death, this person will need help to find a meaning for his/her life in order to adapt to this new situation. So, the challenge consists of implementing new care models focused on the person and the family that enable the health professionals, particularly, the nurses, to enter the patients’ inner world and by this responding to their needs. With this in mind, it is our aim to develop specialized skills and expertise in the field of Palliative Care. Therefore, we have chose an Internship of Professional Nature, 350 hours, in the Intra-Hospital Suppot Team for Palliative Care of the Local Unit of Healthcare of Alto Minho. The objective of this internship is to achieve the skills and expertise in the field of palliative care through practice as well as critical and reflexive thinking so that we will be able to contribute to the change/innovation of care models to ensure that the end of the patient’s life will occur with dignity. Troughout the intership, we tried to embrace active dynamic participatory methologies and by this integrating mobilizing and consolidating knowlegde of what had been learned in the first year of the Masters Degree. Attending to the principals of deontology ethics, aiming to consider the person and the family as a unit of care. So, being able to ensure the quality of care. We participated in the various dimensions of the palliative care, namely in symptomatic control. We realised that it is of the outmost importance for the well-being of the patient and one of the greatets concerns of the nurse’s care. Therefore, we developed expertise mainly at evaluation and monitoring level. Regarding communication, we emphasized an emphatic communication, mantaining it effective and clear. This expertise was developed by adapting communication to the situations, having in consideration the reactions, thoughts and behaviours so as to develop the skills to provide the best care possible. The family benefited from counselling for accompaniment and the grieving process. In what concerns our parttaking in the Basic Course in Palliative Care, it allowed us to develop new skills and ways to intervene. viThe intership allowed us to comprehend that technical scientific relational and human skills have always to interact with critical and reflexive thinking. We understand that we have developed the required skills for the provision of excellence in pallitative care..
Description: Relatório de Estágio em Cuidados Paliativos apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1819
Appears in Collections:ENF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Filipa_Goncalves.pdf4.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.