Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1859
Title: O design como potencializador na estimulação de indivíduos com demência
Authors: Esteves, Ana Sofia Gomes da Silva
Advisor: Curralo, Ana Filomena
Amorim, Maria Isabel Soares Parente Lajoso
Keywords: Design inclusivo;Demência;Estimulação sensorial;Terceira idade;Produto lúdico;Inclusive design;Dementia;Sensory stimulation;Third age;Playful product
Issue Date: 30-Mar-2017
Abstract: trabalho realizado surge pela necessidade de descrever o projeto elaborado no decorrer do mestrado em Design Integrado, este que desenvolve um kit de estimulação sensorial para pacientes afetados pela demência. No desenvolvimento do projeto, foi-se revelando cada vez mais a importância da proximidade com estes pacientes para melhor compreendermos as necessidades e dificuldades dos mesmos. Para tal foi necessária a convivência, compreendendo melhor o dia-a-dia dos pacientes com demência. O acompanhamento das atividades desenvolvidas numa instituição de referência foi fulcral para o projeto, para assim podermos minimizar os danos provocados pela demência, ao longo do tempo, e perceber como o design pode ajudar através de novas ferramentas como a interação tanto analógica como digital. Uma vez que a prevalência da demência tem aumentado, existe cada vez mais a necessidade de se desenvolverem ferramentas capazes de travar este aumento. Estes pacientes carecem de estímulos que permitem melhorar a funcionalidade cognitiva e social e em última instância a manutenção da autonomia e independência. Neste projeto, o design tem como objetivo conceber um objeto interativo e estimulante, com atividades relacionadas com os cinco sentidos: olfato, tato, paladar, visão e audição. O projeto tem como base a dinâmica lúdica, ao mesmo tempo que fornece estímulos que proporcionam uma melhor qualidade de vida ao paciente. Este projeto pretende também estreitar os laços entre o design e a saúde, nomeadamente com o que se relaciona com esta patologia. Visa também sensibilizar a sociedade para os efeitos do envelhecimento, da solidão, da falta de estímulo e convivência social. A preocupação e o interesse deste projeto permitirá concluir se é possível ajudar o paciente a prolongar as suas memórias. A parte ilustrativa e interativa foram os pontos principais. A primeira deverá conduzir os idosos num ambiente conhecido e de fácil perceção, podendo identificar memórias. A interatividade vem ajudar a complementar dinamicamente este projeto, fazendo com que haja interação e interesse por parte dos idosos a participarem e a se envolverem nas atividades propostas. O estreitamento do laço entre o design e saúde é fundamental para o projeto ser sustentável. Denota-se na sociedade uma necessidade de realçar que a inclusão não seja uma obrigação, mas sim um direito de qualquer cidadão em ser acolhido e envolvido. Neste projeto pretende-se sensibilizar e demonstrar através do design que é possível projetar uma intervenção que permita contribuir para uma melhor qualidade de vida dos doentes com demência, através da estimulação ajudando-os assim a aproveitar a vida com dignidade.
The work carried out arises from the need to describe the project elaborated during the master's degree in Integrated Design, which develops a sensory stimulation kit for patients affected by dementia. In the development of the project, the importance of proximity to these patients was increasingly revealed in order to better understand their needs and difficulties. For this, it was necessary to live together, understanding better the daily life of patients with dementia. The monitoring of the activities carried out at a referral institution was central to the project, so we could minimize the damage caused by dementia over time and realize how design can help through new tools such as analogue and digital interaction. Since the prevalence of dementia has increased, there is a growing need to develop tools that can curb this increase. These patients lack the stimuli that allow to improve the cognitive and social functionality and ultimately the maintenance of autonomy and independence. In this project, the design aims to design an interactive and stimulating object, with activities related to the five senses: smell, touch, taste, sight and hearing. The project is based on playful dynamics, while providing stimuli that provide a better quality of life for the patient. This project also intends to strengthen the bonds between design and health, especially with what is related to this pathology. It also aims to sensitize society to the effects of aging, loneliness, lack of stimulation and social coexistence. The concern and interest of this project will allow us to conclude whether it is possible to help the patient to prolong their memories. The illustrative and interactive part were the main points. The first should lead the elderly in a known and easily understood environment, and can identify memories. Interactivity helps complement this project dynamically, causing interaction and interest on the part of the elderly to participate and to get involved in the proposed activities. The tightening of the link between design and health is critical for the project to be sustainable. There is a need in society to emphasize that inclusion is not an obligation, but rather a right of every citizen to be welcomed and involved. In this project it is intended to sensitize and demonstrate through the design that it is possible to design an intervention that allows to contribute to a better quality of life of the patients with dementia, through the stimulation thus helping them to enjoy life with dignity.
Description: Mestrado em Design Integrado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1859
Appears in Collections:DES - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana_Esteves.pdf5.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.