Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1976
Title: Reação hospedeira de cultivares de porta-enxerto de tomateiro ao nemátode-das-galhas-radiculares Meloidogyne incognita
Authors: Vaz, Francisco Manuel Garcia Beleza
Advisor: Costa, Sofia dos Santos da Rocha
Mourão, Isabel de Maria Cardoso Gonsalves
Keywords: Controlo sustentável de doenças;Fator de reprodução;Resistência;Solanum lycopersicum;Suscetibilidade;Sustainable control of diseases;Reproduction factor;Resistance;Susceptibility
Issue Date: 17-Jan-2018
Abstract: Os nemátodes-das-galhas-radiculares (NGR), Meloidogyne spp., são parasitas obrigatórios de elevado impacto económico a nível mundial, e causam perdas na quantidade e qualidade da produção de diversas culturas hortícolas. Entre as culturas afetadas pelos NGR, o tomateiro, Solanum lycopersicum, é considerado um ‘hospedeiro universal’, podendo ocorrer uma quebra de produção até 100%, em condições de cultura protegida de tomate para consumo em fresco. As infestações de NGR foram tradicionalmente controladas através da aplicação de nematodicidas de síntese, que têm vindo a ser banidos devido à sua elevada toxicidade. Considerando os meios sustentáveis de proteção de culturas hortícolas, a utilização de porta-enxertos tolerantes/resistentes é uma prática promissora para o controlo de algumas doenças de origem edáfica e tem-se vulgarizado na cultura protegida de tomateiro nos últimos anos. O objetivo deste estudo foi o de conhecer a reação de cultivares comerciais de porta-enxertos de tomateiro, designados pelas empresas produtoras como tendo resistência parcial ou intermédia a M. incognita. Assim, foram realizados ensaios em vasos com sete cultivares, sendo elas, as cvs. Auroch, Emperador, KingKong, Maxifort, Actimino, Multifort e Silex e com a cv. Moneymaker e Coração de Boi como testemunhas, em condições controladas seguindo metodologias padrão de avaliação da reação hospedeira de tomateiro a NGR. Sessenta dias após a inoculação, os números de galhas e massas de ovos e a população final foram determinados, sendo assim calculados o índice de galhas, o índice de massas de ovos, o fator de reprodução e o índice de reprodução relativa. Foram ainda registados os parâmetros de altura, número de folhas, pesos frescos e pesos secos da parte aérea e radicular das plantas. Os números de galhas e de massas de ovos no tomateiro cv. Moneymaker (testemunha) foi significativamente superior aos dos porta-enxertos. No entanto, o fator de reprodução do nemátode nas raízes do porta-enxerto cv. KingKong (12,2±2,5) foi comparável ao obtido na cv. Moneymaker (13±2,5); sendo ainda superior no porta-enxerto cv. Maxifort (22,4±3,6) (p<0.05). As plantas das cultivares Coração de boi, King kong e Moneymaker atingiram alturas significativamente mais reduzidas quando inoculadas com os nemátodes. A partir da avaliação do fator de reprodução e do índice de galhas concluiu-se que, com a exceção da cv. Silex, todas as cvs. testadas foram suscetíveis a M. incognita de acordo com a classificação padrão. No entanto, várias das cultivares testadas conjugaram índices de reprodução inferiores a 25% com um número de galhas e de massas de ovos inferior às testemunhas suscetíveis (Actimino, Auroch, Emperador, Multifort e Silex; p<0.05), pelo que reúnem indicadores de reação hospedeira mais desejáveis. Face aos resultados obtidos, será importante caracterizar a reação hospedeira dos porta-enxertos comerciais de tomateiro, geralmente considerados como parcialmente resistentes a NGR. A terminologia usualmente empregue pelas casas de sementes de ‘resistência intermédia’ ou ‘resistência parcial’ poderá ser interpretada como indicativa da redução dos números de galhas nas raízes, mas não parece refletir a eficiência hospedeira das plantas, que poderão permitir o aumento populacional dos NGR.
Root-knot nematodes (RKN), Meloidogyne spp., are obligate parasites with a high economic impact worldwide and cause losses in the quantity and quality of several vegetable crops. Among these crops affected by RKN, tomato, Solanum lycopersicum, is considered a “universal host”, and a yield loss up to 100% can occur under protected conditions for fresh consumption. Infestations of RKN have traditionally been controlled through the application of synthetic nematodicides, which have been banned because of their high toxicity. Considering the sustainable means of protection of horticultural crops, the use of tolerant/resistant rootstocks is a promising practice for the control of some soil borne diseases and has been widely used in the protected tomato crop production in recent years. The objective of this study was to know the reaction of commercial cultivars of tomato rootstocks, designated by the producing companies as having partial or intermediate resistance to M. incognita. Thus, pot experiments were carried out with seven cultivars, being them cvs. Auroch, Emperador, King Kong, Maxifort, Actimino, Multifort, Silex, and with the cv. Money maker and Coração de Boi as controls, under controlled conditions, following standard evaluation methodology of the tomato host reaction to RKN. Sixty days after inoculation, the numbers of galls and egg masses and the final population were determined, being thus, the gall index, the egg mass index, the reproduction factor and the relative reproduction index were calculated. The parameters of plant height, number of leaves, shoot and root fresh and dry weights were also registered. The numbers of galls and egg masses in tomato cv. Money maker (control) were significantly higher compared to the other rootstocks. However, the nematode reproduction factor in roots of rootstock cv. KingKong (12,2±2,5) was comparable to that obtained in cv. Moneymaker (13±2,5); being even higher in the rootstock cv. Maxifort (22.4±3,6) (p <0.05). Plants of cultivars Coração de Boi, King kong and Moneymaker inoculated with the nematodes were significantly shorter than those non-inoculated. From the evaluation of the reproduction factor and the gall index it was concluded that with the exception of cv. Silex, all cvs. tested were susceptible to M. incognita, according to the standard classification. However, some of the tested cultivars had a reproduction index lower than 25% and fewer galls and egg masses than susceptible controls (Actimino, Auroch, Emperador, Multifort and Silex, p<0.05), and therefore have desirable indicators of nematode host reaction.Considering the obtained results, it is important to characterize the host reaction of the commercial rootstocks of tomato, generally considered partially resistant to RKN. The terminology 'intermediate resistance' or 'partial resistance' usually used by seed companies may be interpreted as indicative of the reduction in root numbers of galls, but it does not seem to reflect the host efficiency of the plants, which could allow the population increase of RKN.
Description: Dissertação de mestrado em Agricultura Biológica, apresentada à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/1976
Appears in Collections:PAA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vaz_Francisco_12069.pdf2.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.