Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/2281
Title: Prevenção da úlcera por pressão: contributos da enfermagem de reabilitação
Authors: Ferreira, Margarida Maria Figueiredo
Advisor: Soares, Maria de La Salete Rodrigues
Fonseca, Maria José Lopes
Keywords: Úlcera por pressão;Cuidados críticos;Prevenção primária;Conhecimentos;Atitudes e prática em saúde;Cuidados de enfermagem;Pressure ulcer;Critical care;Primary prevention;Knowledge;Attittudes and practice in health;Nursing care
Issue Date: 29-Nov-2019
Abstract: Introdução: A prevenção da úlcera por pressão tem assumido uma importância significativa, como forma de reduzir o impacto negativo quer no doente, quer no custo dos cuidados de saúde. A úlcera por pressão é um indicador da qualidade dos cuidados e da segurança do doente e a sua prevenção é indicada como um dos objetivos estratégicos delineados pelo Ministério da Saúde Objetivos: Contribuir para a melhoria dos cuidados de enfermagem na área da prevenção da úlcera por pressão numa Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente. Metodologia: Trata-se de um trabalho de projeto. No diagnóstico de situação realizamos um estudo quantitativo, descritivo e observacional. Os dados foram colhidos junto de 32 enfermeiros a quem foi aplicado um questionário que inclui uma parte que permite a caracterização sociodemográfica e socioprofissional da população, bem como avaliar as atitudes (através da Attitude Towards Pressure Ulcers Instrument) e os conhecimentos dos enfermeiros (através da Escala Pressure Ulcers Knowledge Assessment Tool). Foram observadas as práticas dos enfermeiros recorrendo a uma grelha de observação. Resultados: As atitudes dos enfermeiros são positivas na dimensão “Importância”, “Confiança na eficácia”, “Responsabilidade” e “Competências Pessoais”. A atitude menos positiva verificou-se na dimensão “Obstáculos/Barreiras” que impedem uma prevenção eficaz da UP. A avaliação dos conhecimentos dos enfermeiros na área da “avaliação de risco”, “nutrição”, e “etiologia da UP” obteve resultados positivos. No entanto, no presente estudo foi possível evidenciar que existe um déficit de conhecimentos sobre as guidelines na área da prevenção da UP, mais acentuados na área “quantidade de pressão e forças de torção”, “classificação e observação da UP”, e na “duração da pressão e das forças de torção”. De acordo com estes resultados, foram definidos os objetivos do projeto e planeadas as atividades: Ação de formação – Prevenção de UP em Cuidados Intensivos; Ação de formação – Posicionar para Prevenir; Ação de sensibilização – STOP UP e Monitorização da implementação das boas práticas na prevenção de UP. Conclusão: A ação de formação – Prevenção de UP em Cuidados Intensivos, foi realizada em março de 2019 e os resultados do seu impacto imediato revelam um elevado nível de satisfação dos participantes com a ação, mencionando terem melhorado os seus conhecimentos. A atividade Monitorização da implementação das boas práticas na prevenção de UP, foi iniciada em maio e os primeiros resultados indicam práticas de cuidados mais coerentes com o preconizado nas guidelines. A reavaliação das atitudes e conhecimentos dos enfermeiros participantes através dos questionários utilizados na fase de diagnóstico será efetuada em novembro, sendo que avaliação final do projeto será efetuada um ano após a sua implementação, através dos resultados da monitorização da implementação das boas práticas e a avaliação da taxa de incidência de UP.
Introduction: Pressure ulcer prevention has assumed a significant importance as a way to reduce the negative impact on the patient but also on the cost of health care. Pressure ulcer is an indicator of the quality of patient care and safety and its prevention is indicated as one of the strategic goals outlined by the Ministry of Health. Goals: To contribute to the improvement of nursing care in the area of pressure ulcer prevention in a Multipurpose Intensive Care Unit. Methodology: This is a project work. In the situation diagnosis we performed a quantitative, descriptive and observational study. The data were collected from 32 nurses who had a questionnaire that includes a part that allows the sociodemographic and socio-professional characterization of the population, as well as assess the attitudes (through Attitude Towards Pressure Ulcers Instrument) and the nurses' knowledge (through Pressure Ulcers Knowledge Assessment Tool). Nurses' practices were observed using an observation grid. Results: Nurses' attitudes are positive in the dimensions of "Importance", "Trust in effectiveness", "Responsibility" and "Personal Competencies". The least positive attitude has been in the dimension "Obstacles / Barriers" which prevent an effective PU prevention. The evaluation of nurses' knowledge in the area of "risk assessment", "nutrition", and "etiology of PU" obtained positive results. However, in the present study it was possible to show that there is a lack of knowledge about the guidelines in the area of PU prevention, more pronounced in the area of "pressure quantity and torsional forces", "PU classification and observation" and “length of pressure and torsional forces". According to these results, the objectives of the project were defined and the activities planned: Training action - Prevention of UP in Intensive Care; Training Action - Positioning to Prevent; Awariness Action – “STOP UP” and Monitoring of the implementation of good practices in the prevention of PU. Conclusion: The training action - Prevention of PU in Intensive Care was carried out in March 2019 and the results of its immediate impact reveal a high level of participants' satisfaction with the action, mentioning that they have improved their knowledge. The activity Monitoring of the implementation of good practices in the prevention of PU was initiated in May and the first results indicate practices of care more coherent with the one recommended in the guidelines. The reassessment of the attitudes and knowledge of the participating nurses through the questionnaires used in the diagnostic phase will be done in November, and the final evaluation of the project will be carried out one year after its implementation, through the results of monitoring the implementation of good practices and the evaluation of the PU incidence rate.
Description: Trabalho de projeto em Enfermagem de Reabilitação apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11960/2281
Appears in Collections:ENF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Margarida_Ferreira.pdf2.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.