Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11960/2556
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Maria Aurora Gonçalves-
dc.contributor.advisorSousa, Samuel Sampaio de-
dc.contributor.authorSousa, Carolina Gonçalves de-
dc.date.accessioned2021-07-05T15:25:45Z-
dc.date.available2021-07-05T15:25:45Z-
dc.date.issued2021-05-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.11960/2556-
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica apresentada na Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelopt_PT
dc.description.abstractA paragem cardiorespiratória (PCR) constitui um importante problema de saúde, já que representa uma das causas de morte mais comum (Perkins [et al.], 2015). Sendo considerada uma importante emergência médica, o pronto reconhecimento e atuação são essenciais à melhoria nos resultados em saúde dos doentes, particularmente em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), onde estes, apesar de continuamente monitorizados, apresentam um estado de doença mais severo, com disfunções multiorgânicas, contribuindo para piores desfechos (Everett-Thomas [et al.], 2016a). Considerando que os enfermeiros são geralmente os primeiros a atuar nas PCR intra-hospitalares, a sua formação frequente através da Simulação de Alta-Fidelidade (SAF) tem sido considerada uma valiosa estratégia na otimização de competências em reanimação cardiopulmonar (RCP) (Everett-Thomas [et al.], 2016b). Neste sentido, surgiu o presente estudo quase-experimental pré-teste/pós-teste, de grupo único, que teve como objetivo: Avaliar o efeito da SAF, enquanto estratégia de formação, na aquisição de competências dos enfermeiros de uma UCI em RCP. Como objetivos específicos, procurou-se: 1) Construir um instrumento de observação de competências técnicas em RCP no contexto de UCI; 2) Explorar empiricamente a perceção do efeito e a satisfação dos enfermeiros quanto à formação com recurso a SAF. Para a operacionalização dos mesmos, utilizou-se a técnica de Delphi (para o primeiro) e a aplicação de um questionário autoadministrado (para o segundo). A amostra de conveniência deste estudo incluiu 28 enfermeiros pertencentes a uma UCI de um hospital universitário, divididos posteriormente em equipas de 4 elementos. As competências em RCP das equipas foram avaliadas pela exposição das mesmas a um cenário simulado de PCR antes (pré-teste) e depois (pós-teste) da participação numa formação de 2 dias com recurso a SAF. Esta incluía uma revisão teórica sobre competências técnicas (CT) e não-técnicas (CNT), bem como a resolução de um cenário simulado de PCR por cada equipa, seguido de debriefing. Os cenários de PCR utilizados nas três fases diferiam entre si mas tinham um nível de dificuldade similar. As atuações nos cenários pré e pós-teste foram gravadas para posterior avaliação das competências mediante observação estruturada, tendo-se recorrido a dois instrumentos (um para CT e outro para CNT) com um sistema de pontuação. Observou-se um aumento significativo na pontuação média das CT (74,3±10,4 pré-teste versus 85,8±5,6 pós-teste). Individualmente, três das seis CT avaliadas apresentaram um aumento estatisticamente significativo, nomeadamente “Via aérea e Ventilação”, “Compressões” e “Análise eletrocardiográfica/Desfibrilhação”. Verificou-se uma melhoria mais notória nas CNT pelo aumento considerável da pontuação média (66,7±28,7 pré-teste versus 112,3±20,1 pós-teste). Individualmente, todas demonstraram um aumento estatisticamente significativo à exceção da “Liderança”. Considerando estes resultados, é possível identificar uma melhoria relevante tanto nas CT como nas CNT após formação com recurso a SAF, sugerindo que esta estratégia formativa promove a aquisição de competências em RCP em enfermeiros de UCI. A retenção destes ganhos deve explorar-se em investigações futuras. Neste estudo obteve-se ainda o instrumento de observação de competências técnicas em RCP no contexto de UCI, validado quanto ao seu conteúdo, e constatou-se a satisfação e efeito positivo percebido pelos enfermeiros participantes quanto à formação com recurso a SAF.pt_PT
dc.description.abstractCardiac arrest (CA) is a major health problem as it represents one of the most common causes of death (Perkins [et al.], 2015). Being considered an important medical emergency, prompt recognition and response towards it are essential to improve patient outcome, especially in Intensive Care Units (ICU), where the patients, although with continuous monitoring, present higher illness severity with multiorgan dysfunctions, contributing to worst outcomes (Everett-Thomas [et al.], 2016a). Considering that nurses are generally the first responders to an intra-hospital CA, their regular training using High-Fidelity Simulation (HFS) has been pointed as a valuable strategy to optimize Cardiopulmonary Resuscitation (CPR) skills (technical and non-technical) (Everett-Thomas [et al.], 2016b). With this in mind, the present single arm, pre-test/post-test quasi-experimental study emerged, with the following aim: Assess the effect of HFS as a training strategy, regarding CPR’s skills acquisition, on nurses from a particular ICU. Additionally, as specific aims, it intended to: 1) Create an observational tool for CPR’s technical skills monitoring in ICU; 2) Empirically explore the perceived effect and the nurses' satisfaction concerning HFS-based training. The Delphi technique was used to achieve the first secondary aim, and a self-administered questionnaire to accomplish the second. The convenience sample of this study included 28 nurses from an ICU of a university hospital, which were later divided into teams of 4. The different teams' CPR skills were assessed by exposing them to a simulated CA scenario before (pre-test) and after (post-test) attending a 2-days HFS-based course. This included a theoretical review of technical and non-technical skills and the resolution of a simulated CA scenario by each team, followed by debriefing. The CA scenarios used in pre-test, training and post-test differed from each other but had a similar level of difficulty. Both pre and post-test scenarios were video-recorded for later assessment of teams’ skills through structured observation, using two observational tools (one for technical and the other for non-technical skills) with a scoring system.The technical skills showed a significant improvement in the mean score (74.3±10.4 pre-test versus 85.8±5.6 post-test). Separately, three out of the six technical skills assessed presented a statistically significant increase in scores, namely “Airway and Ventilation”, “Chest compressions”, and “Rhythm analysis/Defibrillation”. There was a more noticeable improvement in non-technical skills given the considerable increase in the mean score (66.7±28.7 pre-test versus 112.3±20.1 post-test). Individually, all non-technical skills expressed statistically significant improvements except for "Leadership". Considering these findings, it is possible to identify a significant improvement in both technical and non-technical skills after a HFS-based course, suggesting that this training strategy promotes the acquisition of ICU nurses’ CPR skills. Further investigation should explore the retention of these improvements. With this study, it was also possible to obtain the observational tool for CPR’s technical skills monitoring in ICU, validated in its content, as well as to show the nurses’ perceived positive effect and satisfaction regarding HFS-based training.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsembargoedAccesspt_PT
dc.subjectEducationpt_PT
dc.subjectNursingpt_PT
dc.subjectContinuingpt_PT
dc.subjectCardiopulmonary resuscitationpt_PT
dc.subjectHigh fidelity simulation trainingpt_PT
dc.subjectCritical carept_PT
dc.titleSimulação de Alta-fidelidade enquanto estratégia de formação de enfermeiros de unidades de cuidados intensivos em reanimação cardiopulmonarpt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
thesis.degree.nameMestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgicapt_PT
thesis.degree.levelMestre em Enfermagem Médico-Cirúrgicapt_PT
dc.date.embargo2021-11-03-
dc.identifier.tid202736490pt_PT
Appears in Collections:ESS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carolina_Sousa.pdf3.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.